Gabinete de Fisioterapia, Pilates Clínico, Mindfulness, Treino Funcional, Fisioterapia

«Renovamos a confiança para o movimento»

MENSAGEM DO FUNDADOR

Acredito no ser humano, acima de qualquer outra coisa. Acredito na força interior que possuímos e que nos permite alcançar metas difíceis, vencer desafios inesperados, superar dificuldades. Acredito também que essa força interior procura sempre novos caminhos, novas possibilidades, sem nunca cruzar os braços, com um objectivo: evoluir no bem-estar e felicidade.

É desta forma que praticamos a saúde, na neurodor, facilitando este mesmo processo a que chamamos VIDA. O nosso trabalho consiste em encontrar as melhores formas de compreender e tratar cada problema e devolver o movimento sem dor, sem limitações, através de uma ligação única com cada pessoa.

Esta ligação ganha força através de um olhar atento e empático. A empatia possibilita abertura a novas abordagens terapêuticas. As nossas abordagens garantem resultados. Os resultados geram confiança na nossa empresa, nos nossos profissionais e mais importante, na própria pessoa. Renovamos a confiança para o movimento. Assim encontramos o nosso propósito profissional.

Tiago Freitas

Eduque o seu Cérebro

Na neurodor, o nosso raciocínio clínico assenta na compreensão do corpo como um todo, sendo para nós fundamental um entendimento aprofundado acerca do funcionamento do cérebro humano. O nosso cérebro é responsável pelos nossos pensamentos, as nossas acções e movimentos, os nossos sentimentos, sensações e emoções e a forma como reagimos perante um desafio ou problema.

Desta forma, encaramos a dor e sintomas associados, como uma resposta do cérebro humano e restante sistema nervoso perante uma situação de ameaça ou perigo, real ou aparente. Por outras palavras, o cérebro produz dor quando uma lesão ocorre (dor aguda) ou simplesmente quando interpreta que é necessário defender o corpo, mesmo que a lesão não esteja presente (dor crónica não específica).

Para além de contribuirmos para o tratamento da lesão estrutural ou disfunção, acompanhamos a pessoa a voltar a expor-se ao movimento, explorando e modificando comportamentos, até o cérebro “sentir” que é perfeitamente seguro apanhar objectos do chão, caminhar ou correr outra vez. É deste raciocínio que surge a neurodor, como centro de referência no tratamento da dor.


Subscreva a nossa NEWSLETTER!